Blog

Rio+20: Comunidades pacificadas apresentam projetos sustentáveis

- 10/04/2012

Tags: 

Além do Virada Digital, o Rio de Janeiro vai receber em junho a Conferência das Nações Unidas Sobre o Desenvolvimento Sustentável, ou seja, a Rio+20. O evento vai contar com a presença de representantes de comunidades pacificadas como Cidade de Deus, Pavão-Pavãozinho, Cantagalo, Chapéu Mangueira, Babilônia, Vidigal e Rocinha e Complexo do Alemão que vão desenvolver projetos que serão apresentados de 13 a 22 de junho com o tema sustentabilidade.

Os eventos serão realizados nas próprias comunidades e o governo fluminense vai sugerir que elas sejam visitadas pelos chefes de Estado e e comitivas participantes da Rio+20. Nas comunidades Pavão-Pavãozinho e Cantagalo, por exemplo, será oferecida uma feira de economia solidária que inclui passeio pela comunidade. A intenção é que durante o passeio os artistas locais sejam conhecidos pelos visitantes. 
 
No Complexo do Alemão a proposta é realizar as atividades nos espaços do teleférico. A comunidade de Cidade de Deus promoverá a segunda edição de seus Jogos Abertos e da Jornada de Educação Socioambiental. Já a Rocinha visa entregar um documento sobre sustentabilidade, com evento no parque ecológico da comunidade. E o Vidigal vai promover uma jornada cultural, com apresentações de teatro, dança, capoeira e esportes variados. No Chapéu Mangueira e Babilônia, haverá festa junina e apresentações culturais em vários pontos da comunidade.
 
E já que estamos falando sobre o Rio+20, Cláudio Langone, Coordenador da Câmara temática Nacional de Meio Ambiente e Sustentabilidade da Copa 2014 e curador do nosso festival, falou um pouco sobre o tema durante o lançamento do Virada Digital no Circo Voador, no Rio. Assista ao vídeo!

Os eventos serão realizados nas próprias comunidades e o governo fluminense vai sugerir que elas sejam visitadas pelos chefes de Estado e e comitivas participantes da Rio+20.

Comentar